Faltar ao ENEM: Quais são as consequências?

Faltar ao ENEM gera algumas punições aos estudantes, determinadas pelo Ministério da Educação. Claro, imprevistos podem acontecer com todos. 

Mas como se trata de um exame bastante concorrido, comparecer é mais do que importante, principalmente para quem é isento da taxa de inscrição. 

faltar ao enem

Bolsas com a Nota do Enem na Estácio: https://matriculas.estacio.br

Faltar ao ENEM: O que acontece?

A maioria das edições do ENEM conta com a inscrição de vários estudantes ao redor do Brasil. Por exemplo, no ano de 2019, onde mais de cinco milhões se inscreveram. Mas nem todos os estudantes podem comparecer e decidem faltar ao ENEM. 

Desde então, o Ministério da Educação decidiu adotar algumas medidas de punição para aqueles que faltaram à prova. E os cenários podem variar para os inscritos em dois cenários:

Isenção da taxa

Se um estudante for beneficiado com a isenção da taxa de pagamento e não apresentar nenhuma justificativa para a sua falta no exame, no ano seguinte ele não poderá ser isento. 

Vale lembrar que para abonar a falta ao ENEM e conseguir a isenção para o ano seguinte, o candidato deve justificar o motivo de sua ausência no momento de sua nova inscrição. 

Dessa forma, o Ministério da Educação vai analisar a justificativa e determinar se o candidato pode ser beneficiado novamente ou não.

Pagante

Os candidatos que pagaram por sua inscrição e precisaram faltar ao ENEM não precisam se preocupar: não haverá nenhuma punição por parte do MEC, independente da situação.

Um terceiro cenário, devido a pandemia do novo coronavírus, passou a existir e vai ser aplicado ao estudante que faltar ao ENEM com a justificativa de contaminação por COVID-19 – veja a seguir!

Candidato contaminado pelo vírus

Caso o estudante apresente sintomas de doenças infecciosas ou se contamine com o vírus da covid-19, ele poderá faltar ao ENEM e fazer o exame nos dias de reaplicação.

A reaplicação ocorrerá nos dias 23 e 24 de janeiro. Mas para que possam participar, o candidato que faltar ao ENEM deve, antecipadamente, entrar em contato com o Inep. 

Essa comunicação deve ser feita através da Página do Participante do ENEM, o qual todos têm acesso. Lembre-se que esse contato deve ser feito antes da data oficial do exame. 

Como será a prova do ENEM em 2021?

faltar ao enem

Mesmo que ainda não tenha acontecido a edição de 2020 do exame do ENEM, muitos estudantes já estão se perguntando sobre a próxima edição de 2021. 

Muitos estudantes consideram esse exame muito importante, pois ele é a entrada para muitas faculdades ao redor do Brasil. 

Sendo esse, um passo importante na jornada profissional. Mas devido ao atraso que ocorreu no calendário do ENEM 2020, algumas consequências são previstas para o próximo, como: notas e matrículas atrasadas. 

Também existe um grande impacto no calendário, já que muitos estudantes, teoricamente, vão ter menos tempo para estudar e se preparar para o exame. 

Além, é claro, de imprevistos que podem ocorrer na data prevista do exame da edição de 2020 e os estudantes terem de faltar ao ENEM. 

Mudanças no ENEM 2021

Além da constante preocupação que faltar ao ENEM gera aos candidatos, muitos também estão com dúvidas sobre como a edição de 2021 vai funcionar. 

E isso pode ocorrer por muitos motivos: não conseguiram se preparar e estudar no período da quarentena ou tem previsão para concluir o ensino médio ainda neste ano. 

Segundo anunciado pelo MEC, os estudantes podem esperar por muitas novidades, incluindo uma das mais significativas: aplicação das provas objetivas digitalmente. 

Dessa forma, a prova vai se tornar muito mais dinâmica e poderá ser aplicada mais vezes ao longo do ano. 

Também há novidades para os estudantes que precisam de atendimento especializado. Agora, ele vai ser específico para as necessidades ou deficiências informadas. Durante a aplicação do exame, esses estudantes terão que ter atendimento adequado.

Como se preparar para o ENEM?

Mesmo com a quarentena, alguns estudantes conseguiram manter o seu ritmo de estudo via internet. 

Durante esse período, eles tiveram acesso às aulas online e outros tipos de plataforma que são úteis para se preparar para os vestibulares e ENEM. Por exemplo:

  • Podcast
  • Aplicativos
  • Canais do YouTube

Use a tecnologia a seu favor

Na internet é possível encontrar diversos canais com materiais de qualidade para conseguir o apoio necessário para passar pelo exame. 

Existem inúmeras provas, simulados e até propostas de temas de redação que os estudantes podem utilizar a seu favor. 

Também existe o próprio aplicativo do ENEM, disponibilizado gratuitamente pelo MEC, o qual publica notícias atualizadas sobre o exame, simulados oficiais e dados de provas passadas. 

Mesmo que a pandemia tenha causado caos na vida de muitas pessoas, inclusive dos estudantes que desejam ingressar em uma faculdade, o cronograma foi ajustado. 

Agora, o ENEM de 2020 não será totalmente perdido e os candidatos podem se preparar para conquistar o seu objetivo. Resta saber se o calendário da edição de 2021 também sofrerá algum reajuste.

Faltar ao ENEM: Quais são as consequências?